25 de setembro de 2022
Carreira Notícias

Confira dicas para ser um bom colega de trabalho

Por Luciana d’Anunciação

Quem trabalha em uma empresa, seja num escritório, num ponto comercial ou em uma indústria, conhece bem os desafios e as dificuldades do relacionamento entre colegas de trabalho. Conviver em um mesmo ambiente na maior parte do dia, compartilhar sucessos e superar obstáculos juntos nem sempre são tarefas fáceis. Mas pode ser uma experiência muito mais agradável e enriquecedora se você estabelecer conexões e construir uma boa relação profissional.

Por isso, para garantir um convívio tranquilo e harmonioso no ambiente de trabalho, é essencial procurar sempre ser uma pessoa simpática, competente e prestativa. Alguém de quem os outros possam sempre lembrar, respeitar e admirar profissional e pessoalmente. Além disso, ser um bom colega de trabalho é uma ótima estratégia de network.

A psicóloga Carolina Salvo, especialista em Carreiras da Newton, destaca a importância de se conquistar a confiança dos colegas. “Não é uma tarefa simples. Exige que sejamos dedicados e empáticos. Mesmo assim, corremos o risco de o outro não se identificar conosco, não concordar com nossas ideias e comportamentos. Esta conquista precisa ser buscada diariamente e incessantemente. Tratar o colega com respeito é muito importante. Isso é ser profissional”, aponta.

Quer ser um bom colega de trabalho? Carolina Salvo dá algumas dicas preciosas:

  • Evitar discussões, atritos, e-mails ou mensagens “frias” ou grosseiras ajudam a gerar proximidade;
  • Fique atento a alguns sinais psicológicos como cansaço, irritabilidade, ansiedade, choro constante, manias, compulsões. Ao notar essas características em algum colega, seja mais polido e educado. A pessoa pode estar em um momento delicado de vida e você deve buscar apoiá-lo e não piorar a situação sendo imaturo, provocando situações desconfortáveis ou sendo competitivo.
  • A melhor estratégia a se utilizar para ajudar um colega é: ouça mais e fale menos. Sua escuta pode trazer mais conforto e confiança do que mil palavras.
  • Busque ser profissional e evite conversar sobre temas polêmicos, principalmente em dias mais complexos para seu colega de trabalho.
  • Cuide das pessoas ao seu redor. Observe o que as irrita, o que as deixam felizes, o que elas gostam de comer, com quem gostam de conversar, os assuntos preferidos. Em um dia qualquer, faça uma surpresa, escreva um bilhete desejando bom dia. Você vai ser surpreender com o resultado.

Para aprimorar a convivência no ambiente de trabalho, a comunicação é fundamental. Carolina explica que há estratégias para melhorar a qualidade das conversas com os colegas. “Existem diversos recursos para aprimorar a comunicação como um todo. Recomendo, sobretudo, o hábito da leitura. Quem lê mais, fala e escreve melhor. Quando temos um repertório de palavras maior, um vocabulário mais rico, conseguimos ser mais educados, mais delicados e convincentes”, ressalta.

Com o avanço das novas tecnologias da comunicação e da informação, há também a possibilidade de conferir aulas, vídeos, podcasts e palestras sobre comunicação. “Atualmente, há uma boa variedade de conteúdos disponíveis, de qualidade e gratuitos”, observa a especialista em carreiras.

O que evitar

É importante ainda evitar alguns erros que podem prejudicar a convivência com os colegas no trabalho, conforme salienta Carolina.

  • Não critique as opiniões e decisões de seu colega, apenas por serem diferentes das suas.
  • Não entre em assuntos delicados.
  • Não fale mal de seu colega pelas costas.
  • Se há algo para resolver, converse de forma tranquila e profissional. Não tente resolver tudo sozinho, pois relacionamentos são complicados. Se o colega não dá abertura para uma solução, peça ajuda a seu gestor ou ao RH.

A psicóloga lembra a importância de termos sempre um olhar caridoso com o outro. “Aquela é uma pessoa, um ser humano, com capacidades incríveis, com defeitos quase insuportáveis, cheio de medos, cheio de esperanças, com suas potencialidades e fragilidades, exatamente como você”.

Segundo Carolina, estas orientações valem tanto para a vida profissional, quanto para a pessoal. Ela aproveita para indicar uma leitura, para quem quer aprimorar o relacionamento interpessoal: o livro “Comunicação Não-Violenta”, do psicólogo norte-americano Marshall Rosenberg.

Na Newton, você tem a oportunidade de conhecer e se aprofundar nas carreiras de Psicologia e de Gestão de Recursos Humanos. Confira sobre os cursos, clicando nos links!

Tem dicas de como ser um bom colega de trabalho e ter uma convivência profissional agradável e harmoniosa? Compartilhe com a gente!