25 de setembro de 2022
Carreira Notícias Tecnologia

Gamificação e ambiente corporativo: dupla que pode dar certo

Por Leilane Stauffer

É estranho para você pensar no ambiente profissional mediado por jogos? Experiências nas organizações mostram como o excesso de formalismo pode ser substituído por práticas inovadoras que resultam em aumento de engajamento e de produtividade. A presença da gamificação na educação corporativa, por exemplo, já é realidade em processos internos de organizações, como em capacitações de funcionários.

Ruy Figueiredo, professor do curso de Sistemas de Informação da Newton, explica como a gamificação é considerada uma metodologia ativa de aprendizagem. “As metodologias ativas de aprendizagem colocam o indivíduo, colaborador ou estudante, no centro do processo de aquisição do conhecimento. O indivíduo passa a ser o protagonista de sua aprendizagem e da construção do saber”, pontua.

Ainda de acordo com o professor, a gamificação surge como alternativa eficaz justamente porque os sistemas de ensino e de treinamentos contemporâneos “encontram dificuldades em engajar os indivíduos da nova geração utilizando metodologias de ensino tradicionais, pautadas na leitura de livros, de manuais de instruções ou aulas expositivas de longa duração”.

Relatos de empresas brasileiras que conseguiram bom engajamento do time de profissionais utilizando plataformas gamificadas exploraram áreas como gestão de projetos e treinamentos. Um dos fatores que podem explicar a eficiência dos resultados se relaciona à evolução das TICs (tecnologias de informação e comunicação). Como analisa o professor Ruy, elas estão transformando a maneira como a sociedade se comunica, diverte e aprende.

A Newton oferece o curso de Jogos Digitais. Você já o conhece? Confira aqui.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments