25 de setembro de 2022
Cultura Notícias

Quer saber tudo sobre o Google Tradutor? Vamos tirar as suas dúvidas

Fernanda Nazaré

Uma das ferramentas mais úteis e usadas pelo ‘onipresente’ Google é o Google Translator ou Google Tradutor. A ferramenta traduz um idioma para o outro e ainda faz mais, pois traduz áudios, sites inteiros e textos em imagens. Há um site especialmente para o Tradutor, mas também funciona em todos os sistemas Android e iOS e como extensão do Google Chrome. Uma verdadeira ‘mão na roda’, como diriam nossos pais, não é mesmo?

Ele existe desde 28 de abril de 2006, mas começou bem humilde e só tinha suporte para as línguas inglesa e árabe. Hoje são mais 108 idiomas, incluindo algumas línguas ‘mortas’ (como o latim) e dialetos. Quando ele nasceu, a tecnologia de tradução era chamada de Phrase-Based Machine Translation, com mais limitações. Mas desde setembro de 2016, a ferramenta usa o GNMT (Google Neural Machine Translation, ou mecanismo de tradução neural), que analisa frases inteiras dentro de contextos em vez de palavras isoladas.

Vale dizer que o Tradutor é ótimo e está sempre evoluindo, o que é melhor ainda, mas ainda não é perfeito. Por isso, não confie 100% ou simplesmente acredite que ele vai traduzir um documento ou livro em outra língua de forma totalmente correta. Ele possui falhas que exigem sim a nossa atenção, principalmente quando uma mesma palavra possui diferentes significados e ele pode escolher o errado. Uma palavra como futebol, por exemplo, significa a mesma coisa em diferentes línguas, mas não em todas (para os americanos futebol é soccer e não football). Agora vamos responder as principais perguntas que as pessoas fazem sobre a ferramenta.

Como o Google Tradutor funciona?

Ele funciona hoje de quatro formas diferentes: texto, áudio, imagem e desenho. O formato mais tradicional e usado é a tradução de textos. A tela apresenta duas caixas. Na da esquerda você coloca o texto que deseja traduzir e na da direita, vai aparecer a tradução. Mesmo que você não saiba qual a língua que deseja traduzir (pode ser desconhecida a você como coreano ou romeno, por exemplo), o Google consegue descobrir. Basta vocês escolher para qual língua deseja traduzir, que ele faz isso em poucos segundos. Além do texto, também é possível ouvir tanto o conteúdo original quanto o traduzido, ao clicar no ícone de alto-falante que aparece próximo à palavra.

Quantas línguas estão disponíveis?

Como já comentamos, o Google Tradutor dá hoje suporte para 108 idiomas e os últimos a serem acrescidos foram kinyarwanda, oriá, tártaro, turcomano e uigur, que foram disponibilizados em fevereiro de 2020. Algumas linguagens como o latim também estão disponíveis, assim como dialetos africanos como xhosa, zulu e idiomas como iídiche e esperanto. Em compensação, ele não faz diferença entre o português do Brasil e o português de Portugal.

As traduções são confiáveis?

Não totalmente. É preciso usar com parcimônia e compreender que existem falhas. Se o seu objetivo é apenas saber o significado de uma palavra ou outra, ou compreender o contexto geral de um documento, vale a pena. Mas ele não pode ser usado em qualquer situação, pois pode errar ou confundir alguns significados em algumas interpretações.

Como traduzir sites?

Como o Google Tradutor é uma funcionalidade automática do Google Chrome, é possível também, com apenas um clique, traduzir qualquer site para português ou outro idioma. Basta acessar o site, clicar com o botão direito do mouse e selecionar a opção “Traduzir site”. Em alguns casos, em que o navegador identifica alfabetos diferentes do latino, a opção de traduzir já é automaticamente oferecida ao usuário. O recurso está disponível para o Chrome tanto para desktop quanto para celular. É possível também colar o link da página que você vai traduzir na primeira caixa do Google Tradutor e, na sequência, clicar no link oferecido pela tradução. A nova página irá abrir traduzida.

É possível traduzir documentos?

Sim. A ferramenta dá suporte a formatos .doc, .docx, .odf, .pdf, .ppt, .pptx, .ps, .rtf, .txt, .xls e .xlsx. Basta fazer o upload do arquivo e a tradução vai aparecer na tela.

Como traduzir áudio?

O Google Tradutor consegue entender o que é falado e essa funcionalidade está disponível para desktop e celular por meio do ícone de um pequeno microfone. Vale destacar novamente que há limitações. Não é possível identificar a linguagem. Você precisa informar qual é o idioma original a ser traduzido. Ele também não é tão ágil e pode “travar” a certa altura da captação do áudio. No desktop, a ferramenta consegue “apenas” ouvir algo falado e traduzir tanto para texto quanto para áudio. Nos aplicativos de celular, os recursos são melhores, como uma voz eletrônica que lê o trecho traduzido para outro idioma.

O que posso fazer quando encontro erros?

O Google Tradutor conta com um campo de contribuições. É possível oferecer dicas e correções, além de sugerir edições.

Ele guarda o que foi pesquisado?

Sim. Tanto no desktop quanto no aplicativo, o Google Tradutor mantém um histórico. É possível limpar o histórico totalmente ou parte dele. Também é possível favoritar alguma das pesquisas e traduções feitas.

O Google Tradutor consegue traduzir imagens?

Não exatamente. Ele precisa de palavras para trabalhar, então consegue sim traduzir textos dentro das imagens. E esse recurso está disponível apenas para o aplicativo para celular. Ele não consegue ver a foto de uma maçã e traduzir como maçã. Não chega a esse nível. Mas se a palavra estiver dentro da imagem, será traduzida.

Dá para usar sem internet?

Parcialmente. É possível fazer download de idiomas para usar o Google Tradutor off-line. Basta ir em “Configurações” e, depois, “Tradução off-line”. Se a língua desejada não estiver na lista, basta clicar no ícone “+”, no canto superior direito. Mas a falta de internet restringe algumas funções, mesmo que o idioma esteja baixado no aparelho. Não é possível usar os recursos de áudio nem desenhar palavras. Sem internet, a ferramenta só funciona para as funções de texto e imagem.

Como usar no celular?

No aplicativo para celular a ferramenta é ainda mais rica que na versão para desktop e vale a pena experimentar. O formato de tradução de texto funciona da mesma forma e a existe a possibilidade de

tradução de conversas e áudios quase em tempo real. Ele também faz a leitura de imagens, como explicamos acima, mas há limitações em relação aos idiomas suportados em cada funcionalidade. A lista completa está disponível aqui: https://translate.google.com/intl/pt-BR/about/languages/

Algumas Dicas interessantes

Sotaques

Apesar de não ser 100% confiável, ele pode ser muito útil para quem está aprendendo um novo idioma. Você consegue ouvir pronúncias diferentes e treinar a sua audição. Um exemplo é ouvir o inglês americano, australiano e o britânico. Dá para perceber as sutilezas de cada um, mesmo eu as palavras sejam as mesmas. O aplicativo para celular possui uma opção “escondida” que permite escolher a região em que o idioma será falado.

Desenhos

Além de digitar, falar e trabalhar com imagens que contenham texto, o Google Tradutor também consegue entender a escrita manual. No aplicativo, na primeira caixa de texto, existe o desenho de uma caneta. Clicando nela, surgirá um campo em que você poderá escrever como se estivesse empunhando um lápis. No desktop, também é possível desenhar. Basta clicar ao lado do contador de palavras e selecionar o lápis. Não é preciso especificar a linguagem original. A ferramenta consegue identificar o idioma em que você escreveu o texto e fará, automaticamente, a transcrição.

E se você achou interessante apenas conhecer um pouco mais sobre uma das ferramentas do Google, deveria dar uma olhada nas opções de cursos na área de tecnologia da Newton Paiva para graduação, pós-graduação e EAD. Vale a pena conhecer!

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments