27 de setembro de 2022
Notícias

Business BFFs – Ter amigos no ambiente de trabalho é ótimo e faz bem à saúde! Inclusive à profissional!

Por Lígia de Matos 

Uma das melhores e mais importantes coisas da vida é fazer amigos e poder contar com eles e isso inclui o ambiente de trabalho. Se pensarmos que passamos a maior parte de nossos dias trabalhando, nada mais natural que façamos amigos entre os colegas. Isso é muito saudável e até aumenta a produtividade. 

Pensando nesse tópico, o Linkedln, em parceria com o CensusWide, resolveu fazer uma pesquisa e descobriu o “quanto é valioso” fazer amizades no ambiente corporativo. Foram entrevistados 11.500 profissionais de 14 países (com idades entre 18 e 65) e os números não mentem.  

A pesquisa descobriu que colaboradores que têm laços pessoais com os colegas são 50% mais motivados e 39% mais produtivos. Além disso, 46% das pessoas acreditam que essas amizades as tornam mais felizes e 56,3% dos brasileiros pesquisados afirmaram que as amizades de trabalham tornavam o ambiente da empresa mais agradável. Confira aqui a pesquisa – https://blog.linkedin.com/2014/07/08/work-bffs  

Agora se pensarmos que em tempos de Covid-19 estamos ainda mais isolados, esses BFFs (Best Friends Forever – “Melhores Amigos para Sempre”, uma gíria em inglês) corporativos podem ser uma ótima válvula de escape para ajudar na busca de soluções, desenvolver projetos com mais eficiência e também para desabafar quando precisamos “reclamar” de algum cliente, chefe ou o que vier. Amigos são para essas coisas. 

Mas nem tudo são flores e todos precisamos saber dosar bem as amizades no trabalho, assim como na vida. Nem todas as situações e/ou lugares são apropriados para se falar de intimidades e não é nada ético usar um amigo de trabalho como “escudo” para te proteger dos problemas ou esconder seus erros. É preciso separar o profissional do pessoal, até para não prejudicar a própria amizade. 

É muito mais fácil e divertido trabalhar com os amigos, mas excluir as outras pessoas não faz sentido. Você pode até descobrir que esses outros colegas são até melhores para desenvolver certas atividades e podem também se tornar novos amigos. Mas não force uma amizade ou tente agradar todo mundo. É essencial saber que ninguém é unânime.

Nem todas as empresas estimulam as amizades e algumas possuem regras bem específicas, então a tônica geral é ter bom senso. Logo, não exclua quem é fora do seu “grupinho”, não tire conclusões precipitadas e, principalmente, não coloque os “migos” em situações difíceis só para te ajudar. Seja companheiro, faça críticas, dê feedbacks positivos. Isso é demonstrar amizade de verdade. Amigos também precisam ouvir um não de vez em quando. 

Colabore com todos da equipe, dê ideias, ajude, peça ajuda e seja uma pessoa amigável e de fácil convivência para a sua saúde profissional e da empresa onde trabalha. Entenda a cultura da sua empresa e respeite os limites ou regras que existirem. Se o seu ambiente profissional é informal, ótimo! Mas saiba se comportar de acordo. E é bom lembrar que fazer amizade não é “puxar o saco” ou elogiar ou ajudar por interesse. #ficaadica 

A inteligência emocional e a comunicação não-violenta são habilidades (soft skills) cada dia mais apreciadas em todos os ambientes, principalmente os de trabalho. E só porque você está em home office, não significa que pode falar ou fazer o que quiser. Logo (esperamos que sim) a pandemia acaba e todos voltaremos a nos relacionar presencialmente novamente. Algumas empresas já começaram e é preciso prestar atenção nas novas formas de se trabalhar. Tenha maturidade, simples assim. 

Além de ser ótimo fazer novas amizades, vale lembrar que o seu colega de hoje, pode se tornar o seu amigo amanhã e te indicar para uma vaga ou outra posição que seja adequada ao seu perfil no futuro. Quando nos relacionamos bem com as pessoas, elas se lembram não apenas do nosso bom trabalho e conhecimento técnico, mas também do companheirismo, bom humor e disponibilidade para ajudar e isso pode te ajudar, mesmo sem você saber. 

A Covid-19 nos ensinou que o relacionamento com as pessoas (família, amigos, vizinhos colegas etc) é muito importante. E também deixou claro, como uma equipe bastante unida em situações de crise pode fazer toda diferença. Ter amigos nos faz mais felizes, então cuide bem dos seus! 

E se você achou esse artigo interessante, pense no quanto você pode aprender se se dedicar a um curso voltado para o bem-estar das outras pessoas como Psicologia ou Gestão de Recursos Humanos. Confira as nossas grades de cursos em www.newtonpaiva.br  

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments