5 de outubro de 2022
Carreira Cultura Institucional Notícias Saúde

Combinação entre autoestima e estética no Brasil: conheça mais sobre a profissão do esteticista

Por Leilane Stauffer

No topo dos procedimentos estéticos, você sabia que o Brasil é o país que mais realiza cirurgias plásticas no mundo? É o que revela a pesquisa da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), divulgada em dezembro de 2019. O ranking, que insere o Brasil acima dos Estados Unidos e de países europeus, quando o assunto é cirurgias plásticas e procedimentos estéticos não cirúrgicos, chama atenção também para alguns pontos interessantes.

O primeiro deles é a reflexão sobre os padrões de consumo desses procedimentos. Culturalmente, a sociedade brasileira não enxerga os procedimentos estéticos como recursos para fins exclusivamente reparadores, por exemplo, para amenizar situações extremas, como acidentes e queimaduras. Esse fator repercute em como os brasileiros definem padrões, encaram o envelhecimento e o que consideram como imperfeições. Entre as causas citadas que também podem explicar a adesão por procedimentos estéticos, estão a exposição do corpo como hábito comum no país por causa do calor e da proximidade com as praias, e a crença de que o sucesso profissional está condicionado também à aparência. Muito se discute, inclusive, de que forma o padrão estético é determinante para adequações.

Diante desse cenário, um mercado em constante formação é o do esteticista. A data 18 de janeiro marca o dia do profissional que, na sociedade brasileira, tem demandas constantes de oferecer soluções estéticas responsáveis e profissionais para um público que tem como característica a busca pela beleza e o cuidado com a autoestima.

A formação específica do esteticista se dá, geralmente, por meio de cursos tecnólogos de Estética e Cosmética. Na Newton, o curso com duração de seis semestres constrói a identidade do profissional combinando conhecimento científico, consciência crítica e segurança aos procedimentos de avaliação e intervenções estéticas. A grade curricular contempla disciplinas como Fundamentos de Dermatologia aplicados à Estética, Nutrição e atendimentos estéticos, Massoterapia aplicada à Estética, Drenagem Linfática e Pós-Operatório, Estética Facial, Estética Corporal Aplicada, Spaterapia, Tricologia.

A formação do tecnólogo também inclui estudos orientados para comunicação e expressão, raciocínio matemático e projetos direcionados a carreira profissional, empreendedorismo, atendimento a grupos especiais, bioengenharia cutânea e laboratório de dermocosmética.

Atuação

A atuação de um esteticista é bastante ampla. Além de centros estéticos, o profissional tem espaço para trabalhar em salões de beleza, spas, academias, em consultórios médicos como auxiliares na área de estética pré e pós-cirúrgica, bem como atendimento domiciliar.

Algumas áreas de trabalho são: consultoria, estética facial, corporal e massagem, podologia, terapia capilar.

Ficou interessado em alguma dessas áreas? Confira de perto o curso de Estética e Cosmética da Newton, clicando aqui.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments