6 de outubro de 2022
Carreira Notícias

Conheça três dicas para usar melhor o LinkedIn e aumentar sua rede de conexões

Por Lígia de Matos

O Facebook pode ser o maior site de rede social do mundo atualmente e o Instagram e o Tik Tok podem ser os mais bonitos e divertidos, mas é o LinkedIn que vai realmente ajudar você a fazer conexões importantes. Ele proporciona o famoso networking, pois é conhecido em todo o mundo como o “site de redes sociais profissionais”.

De acordo com o estudo Pew Research Center 2018 Social Media Use, o LinkedIn é popular entre os estudantes universitários. As pesquisas sobre estas estatísticas do LinkedIn revelaram que 50% dos graduados universitários nos EUA são usuários do LinkedIn, enquanto o site se envolve com apenas 9% das pessoas cuja educação não ultrapassa o ensino médio.

Embora os EUA tenham o maior número de usuários do LinkedIn em 133 milhões, 70% dos usuários do LinkedIn são de fora dos EUA. Em termos de gênero, o LinkedIn é mais popular entre os homens, que constituem 57% da base de perfis.

Empregabilidade

Uma das principais razões para o uso do LinkedIn foi e continua sendo os esforços de recrutamento de empregos. São mais de 20 milhões de empresas listadas no site e 14 milhões de empregos em aberto, o que leva a 90% dos recrutadores a usarem regularmente essa rede social.

Estudos revelaram que 122 milhões de pessoas fizeram uma entrevista por meio do LinkedIn, tendo 35,5 milhões sido contratadas por uma pessoa com quem se conectaram na plataforma. Outra descoberta é que as pessoas contratadas pelo LinkedIn têm 40% menos probabilidade de deixar a empresa nos primeiros seis meses.

“Você está contratado”

Alguns outros números interessantes

O LinkedIn possui hoje mais de 575 milhões de usuários, com mais de 260 milhões deles ativos mensalmente, espalhados por 200 países. Dos usuários do LinkedIn que se envolvem com a plataforma mensalmente, 40% a acessam diariamente. No entanto, ele é usado, em média, por 17 minutos por mês.

Um usuário normal tem apenas 1,3 mil contatos. Em média, três milhões compartilham conteúdo semanalmente e apenas um milhão já publicou um artigo na plataforma.

Isso significa que ainda há muito espaço a ser explorado e aproveitado em um rede com tanto potencial. Não adianta preencher uma página de perfil com uma foto agradável e esperar que as conexões “batam à sua porta”.

É preciso agir para que as coisas aconteçam. Você precisa se envolver, entreter, informar e instigar, assim como faria se estivesse encontrando alguém pessoalmente. Como fazer isso? Separamos três dicas que vão ajudar a aumentar e fortalecer a sua rede de contatos:

1 – Compartilhe conteúdo

Para aumentar sua comunidade com integrantes de qualidade, você deve postar conteúdo valioso e educativo. Seja um artigo, um post engraçado ou um vídeo cativante, insira seu conhecimento e suas experiências. O engajamento de sua rede já existente e de novas conexões aparecerá.

2 – Escreva uma mensagem pessoal e se conecte

A principal maneira de se limitar no LinkedIn é hesitar na hora de apertar o botão “conectar”. A segunda maior limitação é deixar de escrever uma mensagem pessoal para ser enviada com a solicitação. Leva cinco minutos para explicar por que você gostaria de se conectar com essa pessoa e como pode oferecer valor. E é esse toque pessoal que pode fazer a diferença entre sua solicitação ser ignorada ou aceita. Conecte-se, mas escreva um recado primeiro.

3 – Aproveite as suas conexões de modo offline

 Seja durante um café, encontro em um evento ou durante um jantar, aproveite as suas conexões de modo offline. Depois de construir uma relação com um contato, dedique algum tempo para interagir com essa pessoa no mundo real. Olhar alguém nos olhos o ajuda a saber se é autêntica e aprofunda o relacionamento melhor do que por meio de um comentário online.

Gostou das dicas? Então fique conectado em nosso blog para muitas outras!