6 de outubro de 2022
Cultura Exatas Notícias

Desta vez o Brasil vai mesmo para o espaço – e isso é muito bom!

Por Lígia de Matos

Pode parecer brincadeira, mas é verdade. O primeiro satélite 100% brasileiro será lançado ao espaço no final de fevereiro, mais precisamente no dia 28/02, à 1h54 (horário de Brasília). Ele será lançado na missão PSLV-C51, da agência espacial indiana, a Indian Space Research Organization (ISRO).

Nomeado Amazônia-1, ele é o primeiro satélite de observação da Terra totalmente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil. Ao todo, o equipamento possui seis quilômetros de fios e 14 mil conexões elétricas. Seu alcance é de 850 quilômetros, com 64 metros de resolução e vai gerar imagens do planeta a cada cinco dias. Sua vida útil é de quatro anos.

Apesar do nome, o Amazônia-1 é o terceiro satélite brasileiro de sensoriamento, ao lado do CBERS-4 e CBERS-4A, já em operação. Esses dois primeiros foram desenvolvidos pelo Brasil em parceria com a China. O Amazônia-1 é parte essencial da chamada Missão Amazônica.

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a meta da Missão Amazônica é consolidar o conhecimento brasileiro no desenvolvimento integral de uma missão espacial, com a utilização de satélites estabilizados em três eixos.

O INPE espera que a indústria espacial brasileira adquira conhecimento e experiência para futuras parcerias, com possíveis perspectivas para o fornecimento de material para outros países e agências especiais.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments