25 de setembro de 2022
Cultura Notícias Tecnologia

Ferramenta do Facebook possibilita desativar anúncios políticos

Por Leilane Stauffer

Nos últimos anos, percebemos como o movimento de pautar assuntos públicos em redes sociais digitais tem ganhando força. A ágora, antes representada pelas praças gregas, agora parece ser simbolizada pelo ambiente virtual. Qual tem sido a sua percepção sobre os conteúdos políticos que têm circulado nas redes digitais? Neste ano eleitoral e em resposta às inúmeras críticas pela exibição de propagandas com informações falsas, o Facebook vai permitir aos usuários desativar anúncios políticos.

A novidade foi informada pelo criador da rede, Mark Zuckerberg, no último mês de junho. A opção já estará disponível para os usuários norte-americanos durante as eleições de 2020. Para os demais países, a previsão é que o recurso seja disponibilizado ao final do ano.

Segundo o anúncio da empresa, a possibilidade de usuários desativarem anúncios políticos no Facebook e também no Instagram – considerada a principal plataforma de mídia do mundo – faz parte de uma campanha de conscientização política chamada Centro de informações de voto.

Na prática, a ferramenta permite que o usuário bloqueie os anúncios políticos, ao se deparar com um, ou interromper anúncios relacionados a questões políticas, eleitorais e sociais de candidatos de forma direta nas configurações do Facebook e do Instagram. Será possível também fazer a denúncia quando um anúncio surgir, mesmo depois do bloqueio ter sido feito.

Entre as críticas sobre a não exposição dos conteúdos de campanha, especialistas e usuários comentam a terceirização da responsabilidade que deveria ser da empresa. Na visão de alguns, o Facebook está transmitindo para o usuário a prática de filtrar conteúdos, não garantindo, assim, a fiscalização de conteúdos falsos.

Também no rol das críticas sobre a rede social digital, está a percepção de que o Facebook é uma das maiores plataformas de disseminação de fake news. No Brasil, a CPI das fake news investiga o disparo em massa de notícias falsas por meio de uma rede que pertence ao Facebook, o WhatsApp.

E você? O que pensa sobre a opção de o usuário desativar os anúncios políticos durante eleições?

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments