25 de setembro de 2022
Carreira Notícias

O que você precisa saber sobre a atividade financeira e fiscal para atravessar a pandemia

Por Leilane Stauffer

Com o desafio socioeconômico enfrentado pelo Brasil em virtude do novo coronavírus, estratégias são desenvolvidas para preservar empresas e manter empregos. Apesar de o recolhimento de alguns tributos e a entrega de informações para declarações estaduais terem sido postergados, a busca por decisões financeiras é fundamental nesse cenário, principalmente para minimizar os impactos da crise. Para quem é empreendedor, sonha com o próprio negócio, exerce algum cargo estratégico de gestão ou se interessa em entender melhor e adquirir conhecimento na área de gestão financeira, conversamos com o professor Laurindo Souza de Deus Filho, coordenador dos MBAs em Gestão de Tributos e Finanças e Controladoria da Newton, sobre o assunto.

Diante do impacto nos serviços não essenciais, especialmente, Laurindo observa a importância ainda maior dos gestores empresariais neste momento. “Tomamos um choque. E agora? A capacidade de liderança e a resiliência dos gestores farão a diferença para conduzir os negócios durante esse período. É preciso encontrar estabilidade e foco para tomar decisões rápidas e assertivas, transmitindo confiança e empoderando suas equipes e o ecossistema como um todo, sem perder o horizonte futuro de vista”, defende.

Tempo de desafios e ações

O docente pontua que a falta de atenção à atividade financeira e fiscal, no momento de uma pandemia, especialmente, pode ser determinante para a sobrevivência do negócio. Entre os riscos de uma gestão ineficiente, o professor menciona falta de controle do fluxo de caixa, erros operacionais, inadimplência, dificuldade de realizar projeção financeira, baixa credibilidade do negócio. “Inúmeros riscos acarretam falência e ineficiência, mas em uma empresa de sucesso, a gestão financeira deve ser eficiente e transparente. Isso aumenta a credibilidade do negócio e pode abrir portas para mais investimentos, sejam eles internos ou externos”, aconselha.

Na ótica de Laurindo Filho, para alcançar uma gestão financeira e fiscal equilibrada, além de mapear a situação das empresas, gestores precisam dar atenção a algumas frentes. Laurindo cita seis áreas que podem ser monitoradas neste momento: governança da crise, gestão de pessoas, impactos financeiros e fiscais, cadeia de suprimentos e operações, clientes e receitas, tecnologias e meios digitais.

No setor financeiro especialmente, o administrador compartilha três ações que devem ser mantidas constantemente, o controle, o planejamento e a análise. “É muito importante manter os registros e realizar a gestão de custos. Além disso, precisamos garantir a sustentabilidade e a saúde financeira da empresa, enquanto projetamos planos para maximizar receitas, diminuir despesas e ter orçamento. E a análise vem para identificarmos pontos de melhoria dentro do fluxo financeiro da empresa, com atenção à necessidade de capital de giro”, reforça.

Separamos algumas dicas com o professor que podem ajudar os empreendedores a atravessarem, com segurança, este momento. Conheça:

#1 Faça a gestão e manutenção do capital de giro e a preservação da liquidez. É importante também rever os investimentos programados.

#2 Revisite o fluxo de caixa projetado para os próximos 100 dias e tome ações corretivas o mais breve possível. Paralelamente, é necessário entender os impactos das obrigações contratuais para situações de força maior e se preparar para renegociar.

#3 Foque no controle de custos e despesas operacionais. Além disso, negocie termos de financiamento mais flexíveis e de curto prazo.

#4 Considere os benefícios temporários estabelecidos, recentemente, pelo Governo em relação à suspensão, ao adiamento ou à redução de contribuições tributárias. Além disso, analise créditos tributários e incentivos governamentais para acelerar oportunidades no curto prazo.

#5 Não deixe de avaliar os impactos da crise da Covid-19 nas demonstrações financeiras e fique atento às bruscas e significativas mudanças na paridade da moeda.

#6 Garanta que todas as ações tomadas sigam princípios de negócios responsáveis. A empresa depende da recuperação do mercado e da sociedade como um todo.

Você compreende a importância de cada um desses pontos e sente que precisa aprofundar neles? Conheça os MBAs em Gestão de Tributos e em Finanças e Controladoria, da Newton.