25 de setembro de 2022
Carreira Notícias

Pesquisa revela representatividade das mulheres no mercado corporativo brasileiro

Por Lígia de Matos

Em 2020, a empresa TRIWI, que atua com consultoria em Marketing Digital, realizou uma pesquisa sobre a representatividade das mulheres nas empresas. O objetivo era ter noção da posição das mulheres no mercado corporativo e ver quais as diferenças e discrepâncias ainda existentes em relação a questões salariais, oportunidades de crescimento e ocupações em canais de chefia, entre outros pontos relevantes.

Os números mostram claramente que o caminho para a conquista da igualdade entre gêneros ainda é longo e tortuoso e que a maioria das empresas não oferece as mesmas oportunidades a homens e mulheres.

O questionário da pesquisa incluiu perguntas sobre a existência de mulheres negras em cargos de chefia e de mulheres com deficiência, além da porcentagem de mães no quadro de funcionários. Os números apontaram que a maioria das empresas não se preocupou ainda em implementar algum tipo de canal de denúncias de assédio para que as funcionárias tenham apoio, sejam ouvidas ou recebam alguma ajuda profissional. Apenas 9,7% possuem um canal de acolhimento.

Outras conclusões encontradas foram que ainda existem muitas empresas com perfil antiquado (consideradas como tradicionais) em que mulheres não são escolhidas para ocupar cargos de alto escalão, mesmo possuindo as qualificações necessárias. E que apesar de todos os desafios, o nível de escolaridade das mulheres é bastante alto, pois 79% das empresas entrevistadas contam com mulheres com nível superior ou acima.

Veja alguns dos números levantados na pesquisa “Representatividade das Mulheres nas Empresas”:

Segmento

– 53,2% são do segmento de Serviços

– 30,6% da Indústria

– 16,1% do Comércio

Porte das empresas

– 22,6% possuem mais de 1.000 funcionários

– 17,7% entre 201 e 500 funcionários

– 9,7% entre 51 e 200 funcionários

– 12,9% entre 11 e 50 funcionários

– 14,5% entre 02 e 10 funcionários

Região

– 45,2% do Sudeste

– 17,7% do Sul

– 14,5% do Centro-Oeste

– 11,3% do Norte

– 11,3% do Nordeste

Percentual de mulheres nas empresas

– 27,4% têm mais de 51% de mulheres em seu quadro de funcionários

– 53,2% contam com até 30% de mulheres em seu quadro de funcionários

Percentual de mulheres negras nas empresas

– 46,8% possuem 10% de mulheres negras em seu quadro de funcionários

– 24,2% não possuem mulheres negras em seu quadro de funcionários

Percentual de mulheres com deficiência nas empresas

– 69,4% não contam com colaboradoras mulheres com alguma deficiência física

Mães

– 35,5% das empresas possuem 10% de mães em seu quadro de funcionárias

– 32,3% das empresas possuem entre 11% e 30% de mães em seu quadro de funcionárias

Mulheres em cargos de chefia

– 27,4% das empresas não possuem mulheres em cargo de chefia

– 32,3% das empresas contam com até 10% de mulheres no comando

Desigualdade salarial

– Em 48,4% das empresas, as mulheres ganham menos que os homens

– Em 19,4% das empresas, as mulheres ganham o mesmo que os homens

– Em 3,2% das empresas, as mulheres ganham mais que os homens

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments