5 de outubro de 2022
Exatas Institucional Na Mídia Notícias

Professor e ex-aluno da Newton estão à frente de câmara do CREA-MG

Por Fernanda Nazaré

O curso de Engenharia Elétrica na Newton é relativamente novo, pouco mais de 10 anos de existência. Mas já foi tempo suficiente para que talentos do nosso centro universitário tivessem destaque no meio. É o caso do coordenador do curso, o professor Wellington Dutra e do ex-aluno Israel Bernardes. No início deste ano, os dois tomaram posse como coordenador e coordenador-adjunto, respectivamente, da Câmara Especializada de Engenharia Elétrica do CREA-MG para o mandato de 12 meses.

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (CREA-MG) tem o papel de regulamentar a atuação de engenheiros no Brasil e realizar fiscalizações do serviço profissional. Para fazer julgamento de processos de infração, processos de profissionais e direcionamento das fiscalizações durante o ano, existem as câmaras temáticas dedicadas a cada especialidade da engenharia.

As associações de classe e universidades indicam os profissionais da área para serem seus representantes no CREA. Wellington ocupa uma cadeira em nome da Newton e Israel está em nome de uma associação de sua cidade natal, a Associação de Engenheiros e Arquitetos de Pará de Minas (AEAPAM).

Antes de ter a onda roxa declarada em Minas Gerais, as atividades de construção civil eram consideradas essenciais e permaneciam em funcionamento durante a pandemia do coronavírus. Mas, agora em que apenas supermercados e farmácias estão autorizados a funcionar, as atividades presenciais do CREA estão suspensas. Só que as atividades administrativas estão a pleno vapor remotamente. “A parte de documentação está acontecendo normalmente, o atendimento ao público em geral continua acontecendo de maneira virtual. O CREA modernizou o sistema de atendimento pelo site e conseguimos fazer boa parte do atendimento de forma online”, conta Dutra.

Apesar de terem ligação com a mesma instituição de ensino, a Newton Paiva, Wellington e Israel foram eleitos de forma individual. “Foi uma coincidência. O conselho realiza duas votações entre seus membros. Uma para coordenador e outra para coordenador-adjunto, não é sistema de chapa”, explica Bernardes.

Agora, além da ligação com a mesma instituição de ensino em suas trajetórias profissionais, Wellington e Israel dividem a direção no mesmo conselho do CREA, trabalhando juntos.

E caso você tenha interesse em estudar alguma área da engenharia, a Newton oferece diversos cursos de graduação, confira: newtonpaiva.br/curso/graduacao

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments