8 de dezembro de 2022
Carreira Notícias Tecnologia

Redes sociais: em quais delas você precisa investir para impulsionar o seu negócio?

Por Ítalo Mendes 

Recentemente, no Big Brother Brasil 21, tivemos o grande case Juliette. A participante do reality encerrou o programa como a grande vencedora e com quase 24 milhões de seguidores no Instagram, um crescimento inédito e surpreendente até para os telespectadores mais otimistas.  

O que ressaltamos é, porque basicamente nem ouvimos falar das outras redes da advogada? Podemos destacar, claro, que os números do Instagram são estratosféricos se comparados, por exemplo, com os dados do Facebook e Twitter, que também não podem ser desconsiderados. Neste momento, são pouco mais de 1 milhão na primeira plataforma e quase 5 milhões na segunda. Mas a resposta mais simples e que ampliaremos o assunto é: público-alvo.  

Juliette Freire (Crédito: Divulgação / Juliette Freire )

Se você deseja ganhar relevância para a sua empresa ou serviço no universo digital, saber usar as redes sociais, ou contratar profissionais que saibam, é fundamental. Lá pelo início da década de 2010, muitos acreditavam que o Instagram seria apenas um álbum de fotos online. Atualmente, com mais de 1 bilhão de usuários ativos por mês e cerca de 500 milhões por dia, essa rede social está se tornando cada vez mais um canal necessário para as marcas.  

Da mesma forma, em 2019, ano em que o TikTok foi baixado mais de 750 milhões de vezes, relatava-se que o aplicativo de origem chinesa seria apenas para “vídeos engraçadinhos” e facilmente replicáveis. Mais uma suposição errada. De acordo com dados publicados em parceria entre a We are Social e o HootSuite, o aplicativo é hoje a 6ª rede social com maior número de usuários no mundo, sendo utilizado por grandes marcas e anunciando recentemente o TikTok For Business, site que será o centro para quem deseja utilizar a plataforma para marketing digital. E para quem acredita que o Facebook já ficou pra trás, nem precisa dizer muito. A são mais de 2,7 bilhões de usuários ativos.  

Com tantos dados, pode ser complicado decidir onde empenhar os maiores esforços do marketing. É preciso, primeiramente, de uma pesquisa do público que sua marca tem e/ou daquele que deseja alcançar. Com isso, a próxima etapa é identificar onde ele se encontra entre as diversas mídias digitais ou como atraí-lo.  

O público de cada rede: 

Para auxiliá-lo nessa decisão, listamos abaixo alguns dados sobre como os usuários brasileiros têm interagido no mundo online.  

No Brasil, 66% da população já acessa a internet, com uma tendência clara a gostar de redes sociais. São aproximadamente 140 milhões de pessoas utilizando esse tipo de serviço, com uma média diária de 3 horas e 42 minutos, nos deixando no top 3, atrás apenas das Filipinas, com 4 horas e 15 minutos, e da Colômbia, com 3 horas e 45 minutos.  

Listando algumas das redes sociais mais utilizadas em nosso país, destacamos os seguintes dados: 

Facebook 

  • Mais de 130 milhões de brasileiros têm conta no Facebook, só perdemos para os Estados Unidos e Índia em usuários ativos; 
  • De acordo com a Statista, o maior público tem entre 25 e 34 anos, representando 28%, seguido igualmente pelas faixas etárias de 18 a 24 e 35 a 44, as duas com 20,7%; 
  • A mesma pesquisa aponta que 53,5% do público se identifica como do gênero feminino.  

Instagram  

  • Em nosso país, temos cerca de 99 milhões de usuários, perdendo novamente, assim como no caso do Facebook, apenas para os EUA e Índia; 
  • Mais de 60% dos usuários tem menos de 35 anos; 
  • 58,3% do público é do gênero feminino 

TikTok 

  • No Brasil, são cerca de 4,2 milhões de usuários; 
  • Foi o app mais baixado do mundo no 1º trimestre de 2021; 
  • Os usuários do aplicativo com mais de 1 milhão de seguidores são denominados megainfluenciadores. No Brasil, na data de produção deste texto, os perfis mais seguidos são a da influencer Virginia Fonseca, com 28 milhões, o do comediante Tirullipa, com quase 27 milhões e da atriz e cantora Larissa Manoela, com mais de 23 milhões de seguidores. 

 Outras redes:  

  • Youtube – A base de brasileiros utilizando a plataforma é de 149 milhões de usuários. Com perspectiva de crescimento de 15,23% até 2025, chegando a 171,7 milhões; 
  • Linkedin – A rede social de negócios já atraiu mais de 47 milhões de usuários no Brasil, com expectativa de crescimento de 21,26% até 2025, alcançando 57,6 milhões de seguidores; 
  • Twitter – São cerca de 14,5 milhões de usuários, com previsão de crescimento de 6,90% até 2025; 

Planejamento 

Na relação acima, obviamente, citamos uma lista pequena dentre todas as redes sociais disponíveis. No mundo, já podem ser enumeradas mais de 600. Portanto, é substancial fazer uma curadoria do que é realmente essencial. Da mesma forma que não é aconselhável trabalhar em apenas uma, não é recomendável criar perfis sem antes definir propósitos, pesquisar públicos, definir estratégias de conteúdos, pesquisar os algoritmos, entre outras ações fundamentais.  

Um erro comum é criar um conteúdo para replicá-lo em todas as contas. Por vezes, a ação pode até resultar em bom alcance e engajamento mas, tanto os públicos quanto as plataformas são bem diferentes, o que exigirá, na maior parte do tempo, produções específicas. Por exemplo: um vídeo curto para o TikTok pode não encaixar tão bem na proposta de feed do Facebook. Da mesma forma que um storie do Instagram não se adaptará tão bem aos formatos e público do Linkedin. 

Ter esse conhecimento de mídias digitais é cada vez mais importante para a relevância das marcas, das pequenas às grandes empresas, podendo ser o diferencial entre ostracismo e sucesso. Ter boa noção de como, quando e onde produzir seus anúncios online, quais as personas você comunica e deseja se comunicar, tom de voz para se comunicar com elas e, como ponto de partida e orientação, saber analisar os dados conquistados, pode ser mais importante do que em qual rede social você se encontra. Podemos resumir que é mais sobre como do que sobre onde. É decisivo dominar as informações disponíveis para traçar estratégias efetivas de comunicação para o seu negócio.  

E se você deseja se aprofundar e se tornar um especialista em marketing, pode contar com a Newton! Para quem está em busca de uma carreira, confira nossas graduações em Marketing e Marketing Digital.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments