25 de setembro de 2022
Carreira Notícias Tecnologia

Tendências para o mercado digital nos próximos anos

Por Geraldo Paim

Reunimos diversas expectativas divulgadas recentemente pela Gartner, Inc., líder global em pesquisa e aconselhamento empresarial para o mercado digital nos próximos anos. Geração de empregos e políticas públicas e evolução em tecnologias como Inteligência Artificial, Machine Learning e Big Data estão entre as estimativas.

1 – Pesquisas por visual e voz

A procura por dispositivos com comando de voz deve gerar US$ 3,5 bilhões até 2021. Esse recurso vai guiar a evolução do e-commerce nos próximos anos. A expectativa é que marcas que atualizarem seus sites para suportar pesquisas de voz e visuais terão aumento de receitas em 30% já no próximo ano.

2 – Presença de criptomoedas

Até o final deste ano, o setor bancário vai chegar a US$ 1 bilhão em criptomoedas. Circulando pelo mundo, existem cerca de US$ 155 bilhões em criptomoedas. Para que a criptomoeda ganhe em presença comercial, será necessária uma adaptação por parte das empresas em relação a modelos de negócios, gerenciamento de risco, o que envolve métodos fiscais e contábeis, uso de fiat-based – moeda estabelecida por regulamentação governamental, sem valor de uso. Um futuro que depende da derrubada de certa desconfiança por parte do mercado.

3 – Evolução dos chatbots

Já bastante presentes na vida dos consumidores, os chatbots são alvos de constante otimização. O objetivo é, além de automatizar e economizar no atendimento, provocar engajamento dos clientes. A tendência é que as organizações invistam mais em Bots e Chatbots do que no desenvolvimento de aplicativos para dispositivos.

4 – Crescimento do RPA

Segundo a Gartner, a receita do mercado de RPA (Robotic Process Automation) deve bater US$ 1,58 bilhão este ano, crescimento de 11,9% em relação a 2019. Para 2021, a previsão é de US$ 1,89 bilhão, aumento de 19,5% em relação a 2020. A automação robótica de processos estará em 90% das grandes companhias até 2022. A expectativa é que as corporações possuam equipes internas próprias para lidar com RPA. Até 2024, a automação dos processos deve se tornar uma prioridade alheia à própria especialidade na área de TI, dentro das empresas.

5 – Impacto da IoT na indústria

A redução de gastos imposta pela pandemia de Covid-19 fez com que governos ao redor do mundo investissem na Internet das Coisas 6% a mais do que no ano passado. São esperados US$ 14,7 bilhões de gastos em 2020. Equipamentos variados devem atender principalmente à infraestrutura e segurança. Na indústria, a Internet das Coisas vai afetar cada vez mais decisivamente profissionais de várias áreas, como Infraestrutura e Operações, setor que deve estar envolvido com a IoT desde a concepção de projetos.

6- Inteligência artificial e emprego

Ao contrário do mito de que a inteligência artificial vai produzir uma geração de desempregados, a tendência é que novos cargos surjam, graças a esse campo da tecnologia. Pesquisa da Gartner realizada em setembro indica que, mesmo com os efeitos da Covid-19, a inteligência artificial continuou como alvo de investimento. Cerca de 24% das empresas aumentaram seus investimentos e 42% delas mantiveram seus projetos. Mais animador é saber que 89% dos líderes que participaram da pesquisa afirmaram ser a favor de aumentar a equipe de especialistas na atividade pensando em melhorar os negócios.

Pensar em tecnologia é pensar no futuro! Conheça o curso de Ciência da Computação da Newton e prepare-se para experiências revolucionárias!

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments