5 de outubro de 2022
Cultura Notícias

Vai começar a 24ª Mostra de Cinema de Tiradentes

Por Ítalo Mendes

Responsável por abrir anualmente o calendário dos eventos audiovisuais brasileiros, a Mostra de Cinema de Tiradentes chega à sua 24ª edição trazendo o que há de mais recente na cinematografia nacional, entre os dias 22 e 30 de janeiro. Com as restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus, a programação será realizada online pela primeira vez, mas, como sempre, de maneira completamente gratuita.

Sempre diversificada, a Mostra compartilha o tempo entre as suas sessões, que neste ano trarão 114 filmes (31 longas, 2 médias e 81 curtas-metragens), com oficinas, debates, rodas de conversa, exposições, shows e diversas outras atrações artísticas.

Após receber mais de 35 mil pessoas em 2020, a Mostra compreende os desafios para uma edição online, mas se apoia na tradição, na essência e no potencial do cinema nacional para mais esta edição, como enfatiza Raquel Hallak, coordenadora geral e diretora da Universo Produção, realizadora do evento. “A 24a Mostra Tiradentes reafirma seu propósito de promover, refletir, exibir e difundir a produção brasileira contemporânea e conecta olhares, pessoas, diversidade e todos os sotaques brasileiros e, no ambiente virtual, amplia o acesso e a abrangência do evento.”

A programação de filme fica dividida em 10 categorias: Temática, Aurora, Olhos Livres, Foco, Panorama, Foco Minas, Praça, Formação, Sessão da Meia-Noite, Jovem, Mostrinha e Homenagem, que será dedicada à cineasta Paula Gaitán.

Se você não conseguir acompanhar toda a programação, não tem problema. A curadoria Newton ajuda você. Selecionamos 7 filmes imperdíveis presentes na Mostra deste ano.

1 – Ostinato

Direção: Paula Gaitán
Mostra homenagem
Estreia: 22/01 às 22h
Imagem: Divulgação

Não dá pra perder a abertura da Mostra! Ostinato é o filme mais recente da cineasta Paula Gaitán, homenageada da edição. O documentário retrata o processo criativo de Arrigo Barnabé, que fará o show de encerramento na primeira noite do evento.

2 – Kevin

Direção: Joana Oliveira
Mostra Aurora
Estreia: 26/01 às 20h
Foto: Cristina Maure

O documentário, com contornos ficcionais, nos leva a Uganda para acompanhar o reencontro da diretora, Joana Oliveira, mulher branca, brasileira e sem filhos com a sua amiga Kevin, uma mulher negra, com dois filhos e recém-chegada ao seu país de origem.

3 – Drama Queen

Direção: Gabriela Luíza
Mostra Foco
Estreia: 26/01 às 20h
Foto: Gabriela Luíza

No contexto em que a pandemia do coronavírus permanece pautando a necessidade do isolamento social, a diretora Gabriela Luíza traz para as telas cenas de um novo cotidiano, em uma abordagem ensaística, com tons de humor e melancolia.

4 – O Cerco

Direção: Aurélio Aragão, Gustavo Bragança e Rafael Spínola
Mostra Aurora
Estreia: 28/01 às 20h
Imagem: Divulgação

As tensões da cidade do Rio de Janeiro invadem o apartamento opressivo e espremido de Ana, atriz, mãe e protagonista dessa história. Mais um filme que lida com o senso de isolamento e as resistências do cotidiano.

5 – Amador

Direção: Cris Ventura
Mostra Olhos Livres
Estreia: 23/01 às 00h
Imagem: Divulgação

Presença marcante no baixo centro belorizontino, o compositor, cantor e performer Vidigal, falecido em 2019, tem o poder da sua obra apresentado neste documentário de 1 hora 30 minutos.

6 – 4 bilhões de infinitos

Direção: Marco Antônio Pereira
Mostra Foco
Estreia: 26/01 às 22h
Imagem: Divulgação

Vencedor do Júri Popular na categoria de melhor curta-metragem na edição de 2018 da Mostra, com “A Retirada para um Coração Bruto”, o diretor Marco Antônio Pereira retorna ao evento com o filme que conta a história de uma família que vive com a energia de casa cortada.

7 – Sessão da Meia-Noite

Vamos colocar um bônus nesta lista para destacar uma das novidades da Mostra. O cinema do gênero de horror e de ficção científica têm ganhado novas e boas produções nos últimos tempos. Por isso, foi criada especialmente para este ano a Sessão da Meia-Noite, para destacar essas propostas inovadoras para o cinema nacional. Veja os dois filmes.

O Cemitério das Almas Perdidas

Direção: Rodrigo Aragão
Estreia: 23/01 às 00h

Skull: A Máscara de Anhangá

Direção: Armando Fonseca e Kapel Furman
Estreia: 23/01 às 00h

Clique aqui, veja todas as informações e não perca nada da 24ª Mostra de Cinema de Tiradentes.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments