28 de setembro de 2022
Notícias

Você pratica procrastinação de vingança na hora de dormir? Descubra como resolver esse problema

Por Lígia de Matos

Imagine a cena: você está morrendo de sono, mas tem um filme legal passando na TV e não dá para parar de ver, apesar do excesso de cansaço. Ou você começa a navegar pela Netflix e fica selecionando opções ou mesmo entra no Tik Tok e fica ‘viajando’ em todos aqueles vídeos engraçados. Aí, quando vê, perdeu horas preciosas de sono.

Não é de insônia que estamos falando, mas da deliberada decisão de continuar acordado fazendo outras coisas ao invés de dormir o sono da beleza. Saiba que esse comportamento é mais comum do que se imagina e é conhecido como “revenge bedtime procrastination” ou procrastinação na hora de dormir. Pesquisadores chineses chamam de procrastinação de vingança na hora de dormir. É o famoso enrolar para dormir mesmo.

Se já era comum encontrar esses procrastinadores antes, com a chegada da pandemia eles se multiplicaram. Ansiedade + tecnologia é uma receita simples para estimular esse problema, pois como já falamos, é uma escolha consciente por ficar acordado (bem diferente da insônia).

Isso também é conhecido como falta de autorregulação, que é a capacidade – pode-se dizer até maturidade – de se controlar nessas situações e tomar a melhor decisão para sua saúde física e mental. Esse problema é muito antigo e acomete quase todas as pessoas em algum momento da vida (ou mesmo perdura). Para os mais velhos essa procrastinação de vingança já é bem conhecida, assim como seus efeitos, mas os jovens de hoje ainda não entendam os sérios reflexos de noites mal dormidas.

As distrações são inúmeras e, com a pandemia, todos tendo que ficar em casa e trabalhando mais, com menos tempo para o lazer, os horários ficaram desregulados e as pessoas acabam deixando para curtir suas séries, filmes, vídeos, livros etc na hora de dormir. E quem sofre é o seu sono, que fica irregular.

Se você quiser resolver esse problema e deixar de ser um procrastinador de vingança na hora de dormir, podemos ajudar com algumas dicas para minimizar os efeitos negativos dessa privação em sua saúde mental, física e emocional, com consequências de curto e longo prazo

Três etapas

O especialista Michael Breus, também conhecido como Doutor Sono, diz em seu livro “Good Night: The Sleep Doctor’s 4 Week Program to Better Sleep and Better Health” (“Boa Noite: programa de 4 semanas do Doutor Sono para um sono e uma saúde melhores”, em tradução livre), que existe uma estratégia para desacelerar sua mente, afastá-lo das tecnologias e resolver essa procrastinação noturna (que pode ser também diurna).

Divida sua hora de desligar em três etapas de 20 minutos cada:

  • A primeira etapa é dedicada ao que precisa ser feito
  • A segunda etapa é para higiene (escovar os dentes, tomar um banho…)
  • A terceira e última etapa é para o relaxamento como oração, meditação ou registro em um diário pessoal

Vale comentar que a ordem das etapas pode ser alterada de acordo com a sua rotina diária. Essa é a dica do Doutor Sono para conquista da autorregulação na hora de dormir, mas há diversos sites e blogs com outras alternativas para resolver esse problema. Basta ter bom senso.

E se você se interessa por assuntos ligados ao bem-estar e à saúde mental, física e emocional das pessoas, vale a pena conferir os cursos da Newton Paiva de graduação e pós-graduação na área de Saúde e também os cursos livres. Confira: https://www.newtonpaiva.br/cursos/graduacao

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments