25 de setembro de 2022
Cultura Notícias

Corrida nacional para o Oscar 2021: veja quais filmes brasileiros estão na disputa

Por Italo Mendes

Motivada pelos impactos ocasionados pela pandemia do coronavírus, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, organizadora da premiação do Oscar, decidiu adiar pela quarta vez na história a realização do seu maior evento. A primeira vez foi pela enchente que invadiu a cidade de Los Angeles, em 1938; a segunda, pela morte de Martin Luther King, em 1968; e a terceira, após a tentativa de assassinato do Presidente Ronald Reagan, em 1981.

Com o adiamento da estreia de diversos filmes e a decisão de algumas distribuidoras de disponibilizá-los diretamente nas plataformas de streamings, a Academia mudou as regras. Tradicionalmente, as datas para elegibilidade das produções autorizavam apenas filmes lançados entre 1º de janeiro e 31 de dezembro do ano anterior ao evento e com ao menos 1 semana de exibição em uma sala de cinema de Los Angeles.

Desta vez, o evento será realizado apenas no dia 25 de abril de 2021, com data para inscrição se estendendo até 28 de fevereiro, com direito a filmes que estrearam diretamente e foram disponibilizados exclusivamente em plataformas como Netflix, Amazon Prime Video, Disney+ e outras.

E quem também está nesta corrida pelo prêmio mais concorrido da 7ª arte são os realizadores brasileiros. Confira, abaixo, quais são os filmes nacionais cotados para o Oscar 2021.

Babenco — Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou

Resultado de imagem para babenco documentario

Filme de estreia da atriz Bárbara Paz na direção, o documentário superou outros 18 inscritos e foi o selecionado pelo Comitê da Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais para disputar uma vaga na categoria de Melhor Filme Internacional.

O longa aborda a trajetória de Hector Babenco. Ex-marido de Bárbara Paz, o cineasta, falecido em 2016, ficou reconhecido no cenário mundial do cinema por filmes como Pixote, a lei do mais fraco, O beijo da Mulher Aranha e Carandiru.

Premiado no Festival de Veneza de 2019 e no Festival de Viña Del Mar, do Chile, em 2020, além de diversos convites para outros festivais, o filme não apenas justifica a indicação brasileira como também faz valer as expectativas para, além de aparecer como indicado a Melhor Filme Internacional, ser a segunda indicação brasileira seguida na categoria de Melhor Documentário Longa Metragem, após Democracia em Vertigem, de Petra Costa.

Assista ao trailer

Bacurau

Resultado de imagem para bacurau filme

Apesar de ter estreado no Brasil em 2019, Bacurau só teve a sua estreia no circuito comercial norte-americano de cinema no início de 2020, pouco antes das paralisações pela pandemia, tornando-se assim elegível para a grande premiação. Na indicação da Academia Brasileira para o Oscar 2020, o filme perdeu a vaga para o A Vida Invisível, de Karim Aïnouz, que acabou não sendo indicado. Porém, em 2021, por esses outros meios, o filme voltou a ser colocado entre os favoritos.

Nos EUA, após o reconhecimento da crítica internacional, o longa já chegou com o Prêmio do Júri no Festival de Cannes de Melhor Filme, no 37º Festival de Cinema de Munique, Melhor Filme e Direção, no Festival de Lima, entre vários outros prêmios e convites para Festivais.

Como esperado, as exibições em 2020 também obtiveram resultados positivos. O filme concluiu o ano eleito como Melhor Filme Estrangeiro, no New York Film Critics Awards, que inclui entre seus membros os grandes críticos de cinema dos jornais e revistas de Nova Iorque. Além disso, apareceu na lista de melhores filmes do ano do ex-presidente Barack Obama e recebeu elogios públicos de Bong Joon Ho, diretor de Parasita, vencedor em seis categorias no último Oscar, entre elas as de Melhor Filme, Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Diretor.

Para fechar com chave de ouro, Bacurau já começou o ano de 2021 sendo indicado como Melhor Filme Internacional do Spirit Award, a grande premiação americana para o cinema independente.

Tudo isso nos faz acreditar que a história do pequeno povoado fictício, localizado no sertão brasileiro, possa chegar ao topo das premiações mundiais.

Assista ao trailer

Carne

Resultado de imagem para carne camila kater

Contextualizado aos debates do seu tempo, o curta animado e documental Carne, dirigido por Camila Kater, já passou por 250 festivais e conquistou mais de 70 prêmios.

Repleto de metáforas, o filme traz relatos curtos de mulheres sobre as experiências com os seus corpos em universos repleto de estigmas machistas.

Com tanto reconhecimento, ele pode ser a grande chance brasileira de estrear entre os candidatos da categoria de Melhor Documentário de Curta-metragem.

Assista ao Trailer

Filhas de Lavadeiras

Resultado de imagem para filhas da lavadeiras filme

Mesmo Carne estando como o favorito nacional para a categoria de curtas documentais, Filhos de Lavadeiras também se tornou elegível após vencer no Festival É Tudo Verdade do ano passado, a principal disputa realizada para os documentários brasileiros.

Dirigido por Edileuza Penha de Souza, o filme também se ambienta no universo feminino, neste caso focado em mulheres negras e, como diz o título, filhas de lavadeiras, que puderam frequentar a escola graças ao trabalho de suas mães. O elenco conta com a participação em depoimentos da escritora Conceição Evaristo, da atual deputada federal Benedita da Silva, da atriz Ruth de Souza, falecida em 2019, e de outras 12 mulheres.

Assista ao trailer

Baile

Resultado de imagem para baile filme cintia

Após vencer a premiação para Melhor Curta-Metragem Ibero-Americano no 60º Festival Internacional de Cine de Cartagena de Índias, em março de 2020, Baile se tornou o nosso concorrente para surgir entre os indicados ao Oscar como Melhor Curta-metragem em Live Action.

Se o feito se concretizar, será a segunda vez na história. A primeira foi com “Uma história de Futebol”, em 2001, um filme que contava sobre a infância do ex-jogador Pelé.

O roteiro e a direção de Cíntia Domit Bittar trazem Andrea, uma garota de 10 anos que viverá em 1 dia grandes acontecimentos que irão promover o seu crescimento.

Assista ao trailer

Umbrella

Resultado de imagem para umbrella animação

Outro que pode ser o estreante brasileiro em sua categoria, o curta de animação Umbrella é um trabalho de mais de uma década do casal Helena Hilário e Mario Pece.

Inspirado em uma história real vivida por Helena, o curta conta a história do menino Joseph, que vive em um orfanato e tem o grande sonho de ter um guarda-chuva amarelo.

Após exibições repletas de elogios em 19 festivais internacionais, a expectativa é vê-lo entre os indicados como Melhor Curta-metragem de Animação.

Assista ao trailer

A lista de pré-selecionados será divulgada no dia 9 de fevereiro, antes mesmo do prazo-limite de estreia que os filmes têm para se inscrever. Já o tradicional anúncio dos indicados será realizado em 15 de março.

Continue acompanhando o Blog da Newton para se atualizar sobre o Oscar 2021 e aproveite para ficar por dentro de diversos outros assuntos. Aqui você pode ler conteúdos especiais sobre carreiras, tecnologia, cultura e muito mais.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments