25 de setembro de 2022
Carreira Notícias Saúde

Cuide-se! Confira 5 dicas para aprender a desacelerar

Por Fernanda Nazaré 

Você tem aquela sensação de estar sempre ficando pra trás no trabalho, na faculdade, nas atualidades com os amigos? Há 20, 30 anos, o ser humano recebia um volume de notícias bem menor do que hoje. E pense, há três décadas, a informação que chegava acabava sendo o estritamente necessário para se viver, se formos comparar com a atualidade. Ao mesmo tempo que a globalização, o avanço da economia e da tecnologia nos conectou com o mundo de forma instantânea (o que é incrível!), também nos tornou um ‘ralo aberto’ sem drenar informações. Então, por mais que você viva conectado, sempre vai ter alguém com alguma informação a mais ou que você – ainda – não saiba. Dá aquela sensação de “não consigo acompanhar a vida como todo mundo”, não é? Em inglês, tem até um nome para isso: FOMO – Fear of Missing Out (Medo de estar perdendo, ou “ficando por fora” de algo)

Como você se sente ao fim do dia? 

Se a resposta foi “cansado”, “exausto” ou nem conseguiu encontrar uma definição precisa, vou te dizer uma coisa: pensar cansa. E muito! Mesmo trabalhando em home office, sentado o tempo inteiro, não é difícil terminar o dia exausto. Inclusive, estudos recentes estão apontando aumento de Síndrome de Burn Out (a síndrome da exaustão) durante a pandemia nas pessoas que estão trabalhando em casa, sabia? 

Ainda, nesse contexto todo, um dos aplicativos de troca instantânea de mensagens mais usados no mundo, o Whatsapp, lança uma ferramenta para acelerar o áudio das conversas, na mais recente atualização do app. Espera aí! O intuito desse recurso era “economizar tempo” em ficar escutando áudio de alguém que gastou o próprio tempo para te dar alguma informação? Como assim não temos tempo para escutar, nem mesmo gravada, uma mensagem de um parente, um amigo ou a instrução do chefe? Se não temos mais tempo de priorizar escutar alguém, o que então é mais importante? Ficar passeando pelo feed do Instagram, talvez… Nos retroalimentando de informações que vão nos exaurir.  

Desacelere!  

Desacelerar e focar no que realmente importa é algo que você talvez tenha que reaprender. Pequenas mudanças podem trazer mais vitalidade, produtividade e felicidades para o seu dia a dia. O que está em jogo é o uso do tempo de forma consciente. E quando você faz isso, a tendência é conhecer e respeitar mais o seu próprio ritmo e, deste modo, não se sentir refém da correria. 

Confira 5 dicas para começar a praticar a arte de desacelerar o corpo e a mente:  

1 – Escolha: neste caso, a escolha não é selecionar alguma atividade do seu dia para ser eliminada da rotina, mas sim para ser feita de forma lenta. Por exemplo: tire dois ou três dias na semana para jantar sem pressa, sem olhar no relógio e degustando a comida. Preste atenção no seu prato, na sua bebida.  

2 – Observe: volte o seu olhar para coisas tranquilas, foque alguns minutos olhando uma nuvem no céu se movimentando, um galho de árvore balançando com o vento e seu movimento. Essa atividade te custará nada mais que cinco minutos e vai ser um alívio para o cérebro.  

3 – Não é não: você não consegue dar conta de tudo e todos. Aceite. Você é humano. Se até uma máquina precisa de manutenção para um bom funcionamento, por que você não precisaria? Diga não ao excesso de tarefas e responsabilidades: divida, peça ajuda ou apenas diga que tal atividade não é possível no momento. Não atribule a sua agenda para aliviar a dos outros. 

4 – Culpa zero: Sim, faça todas essas três dicas acima sem um pingo de culpa. O sentimento de culpa é apenas mais um combustível para o mal funcionamento do seu sistema. Se achamos que estamos devendo algo, instintivamente vamos compensar em outra área da nossa vida. E o compensar aqui será mais “descontar” em algo, ou seja, comer demais, beber demais ou tentar comprar com presentes o amor de alguém pela sua ausência.  

5 – Pare e viva o presente: Foque em uma atividade por vez, mesmo nos momentos de lazer. O seu corpo e a sua mente aproveitam mais – e aprendem mais – quando cada experiência é vivida na sua totalidade. Ou seja, brinque com o seu filho sem se distrair com mensagens pessoais no celular. Assista um filme sem ser interrompido ou então converse com uma pessoa por vez no WhatsApp.  

Experimente. 

Continue acompanhando o blog da Newton. Aqui, você é valorizado como um todo, como um cidadão, como um ser humano e como um profissional em constante formação. Nosso conteúdo está sempre em busca de te ajudar a crescer e a viver o seu melhor. 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ar.canjo
Ar.canjo
5 meses atrás

Crie um link de contato para o seu Whatsapp e der um UP! nas suas vendas e captação de clientes

https://whats.link

Ar.canjo
Ar.canjo
5 meses atrás

Faça muito mais clientes gerando um link de contato para Whatsapp e potencialize suas venda e captação de clientes!

https://whats.link