28 de setembro de 2022
Carreira Cultura Notícias

Cultive a automotivação e seja mais feliz e independente

Por Lígia de Matos

Automotivação é a capacidade de buscar em si mesmo motivos ou estímulos para alcançar seus objetivos, sem a necessidade de estímulos externos como elogios ou recompensas.

É literalmente conseguir acordar todo o dia com vontade de estudar e trabalhar para entregar tudo no prazo e chegar ao final da semana com a sensação de missão cumprida.

Uma estratégia interessante para encontrar motivação todos os dias é buscar um propósito maior no que se faz. Isso torna muito mais fácil encontrar automotivação para acordar todos os dias e ser produtivo e eficiente no trabalho ou estudo. Ter um propósito traz realização e satisfação nas tarefas diárias e não depende de salários, folgas e benefícios.

É importante perceber a diferença entre a motivação e a automotivação. Na primeira, o estímulo pode vir de qualquer lugar (externo), enquanto na segunda ele vem de você mesmo (interno).

Seu motivo para se empenhar em alguma coisa vem de dentro e não depende de outros fatores, como uma boa nota ou um aumento salarial. Se você já possui, continue a estimular a sua, mas se ainda não, é possível desenvolver essa capacidade.

Como desenvolver a sua automotivação?

Automotivação é uma capacidade que pode ser adquirida e ajuda muito nos estudos, na carreira e até na vida familiar e financeira, independentemente do momento econômico do mercado ou até da empresa e das pessoas com quem trabalha. Compartilhamos algumas dicas para você começar a desenvolver a sua automotivação. Vamos lá?

1ª Dica – crie metas a médio e longo prazo

Pense em ações que sejam objetivas, alcançáveis e que dependam apenas de você. Precisam ser claras e fáceis de perceber quando alcançadas. Por exemplo, participar de dois eventos da sua área por ano ou fazer um curso a cada três meses. Ou seja, ações que possam ser mensuradas.

2ª Dica – organize seu dia a dia

Aprenda a dividir o seu tempo entre tudo o que você precisa fazer. Mas inclua atividades, estudantis, profissionais e também sociais e familiares. Tudo que possa fazê-lo feliz dentro e fora do trabalho. Quanto mais organizada a rotina, mais fácil se torna alcançar as metas e ter tempo para fazer o que gosta. Um ótimo estímulo, não é mesmo?

3ª Dica – desenvolva inteligência emocional

O que isso significa? Trata-se de entender suas emoções e reações e aprender a lidar com tudo da melhor forma possível. Quando o objetivo é ter automotivação, a inteligência emocional ajuda a descobrir as motivações internas e a lidar com as frustrações que aparecem pelo caminho sem perder o foco.

4ª Dica – priorizar o que é mais importante

Saber priorizar é importante para quase tudo na vida, seja para organizar atividades ou para se automotivar. Entender o que é mais importante para cada momento, e dar valor a isso, ajuda a diminuir o tempo gasto no que é menos essencial e possibilita ter mais energia para se dedicar às ações necessárias realmente.

Além das dicas acima, também é possível se motivar tendo uma atitude mais positiva, ver o lado bom naquilo que se faz. Outra ideia é sim se permitir pequenos “prêmios” ou “comemorações” que possam fazer a diferença durante o dia. Cada pessoa tem sua própria forma de lidar e se recompensar, mesmo que seja apenas um bom pedaço de bolo após uma reunião complicada, por exemplo. Encontrar o próprio caminho é a solução. Que tal se propor esse exercício?