5 de outubro de 2022
Cultura Notícias

Escute sons de florestas do mundo todo sem sair de casa

Quem não gostaria, mesmo que por alguns instantes, de ser transportado magicamente para o meio de um bosque ou floresta, para curtir a natureza e a brisa perfumada, ao som do vento nas árvores, da água dos rios e dos animais? Pois com a tecnologia, agora isso é praticamente possível. Navegando pelo mapa interativo Sounds Of The Forest você poderá descobrir os sons de florestas e bosques de todos os cantos do mundo.

A iniciativa é o primeiro mapa sonoro de florestas do mundo. Nele, estão reunidos centenas de gravações de sons da natureza, tons sonoros e texturas de mais de 50 países. Os sons formam uma biblioteca de código aberto, que é atualizada constantemente. E a cada nova visita, você poderá conhecer mais sons de diferentes florestas e bosques ao redor da Terra. É possível ainda fazer o download e usar o material para ouvir quando quiser e fazer novas criações.

Nesta verdadeira viagem sonora, você poderá se sentir no meio da floresta, sem sair de casa. E não é só o som do vento nas árvores, ou da água de rios e cachoeiras, mas também os diversos ruídos de animais em todo o mundo. Dá para ouvir também pandas comendo bambu numa floresta chinesa, a comunicação entre lêmures de Madagascar, na África; o som de cigarras na floresta próxima a Usina Nuclear de Fukushima, no Japão; de ruminantes das montanhas da Turquia; as canções noturnas dos rouxinóis na Eslováquia, entre muitos outros!

E conhecer os sons de lugares fascinantes, como o Parque Nacional Yasuní, no Equador; a Floresta Nacional de El Yunque, em Porto Rico; a chuva que cai na Floresta de Ankasa, em Gana, na África Ocidental.

Três localidades brasileiras estão incluídas no mapa interativo: a região rio Jaguari, que atravessa os estados de São Paulo e de Minas Gerais; o Mirante Gaio, no Rio Grande do Sul, e o Lago Mamori, no Amazonas.

Lago Mamori, no Amazonas

Mais de 550 pessoas já contribuíram com o projeto com pequenos cartões-postais de áudio. Há sons de todos os continentes, exceto da Antártica. Qualquer um pode participar. Basta fazer uma gravação de um minuto de sons da natureza de florestas, bosques e reservas naturais locais. E enviar por meio do formulário disponível no site https://timberfestival.org.uk/soundsoftheforest/.

A iniciativa engenhosa Sounds Of The Forest foi viabilizada por meio da colaboração da Wild Rumpus, empresa especializada em eventos artísticos em grande escala ao ar livre, e do Timber International Forest Festival, festival de música britânico que é realizado anualmente na Floresta Nacional do Reino Unido, para celebrar os impactos transformadores das florestas no planeta e em nossas vidas.

Após a publicação do mapa interativo, o próximo passo será transformar o projeto em arte. Os organizadores do site estão convidando artistas de todo o mundo para utilizarem os sons como inspiração para criar música, artes visuais e performances. O resultado será apresentado no Timber Festival 2021, que tem previsão para ser realizado de 2 a 4 de julho de 2021.

O mapa interativo serve também como arquivo sonoro de ecossistemas ameaçados pelas mudanças climáticas, como registro de áreas em risco ou em transformação. Há, por exemplo, o som registrado em Redwood Grove, na Califórnia (EUA), antes que a área fosse atingida pelos recentes e devastadores incêndios florestais. Já o áudio gravado em Cape Kimberly, na Austrália, demonstra o sucesso de um projeto da Rainforest Restoration, que recuperou uma área de floresta tropical.

Redwood Grove, na Califórnia (EUA).

Curtiu o projeto? Se você é amante da natureza, dê uma conferida no curso de Medicina Veterinária da Newton. Se o seu interesse é em preservação, mas pela perspectiva do desenvolvimento sustentável, confira o curso de Arquitetura e Urbanismo da Newton. E quem sabe, o próximo projeto inovador que reunirá ecologia, desenvolvimento e tecnologia seja o seu!