25 de setembro de 2022
Cultura Notícias

Do que são feitos os gênios? Quais os seus principais traços comportamentais e como eles agem? Descubra agora

Por Lígia de Matos

O que faz um gênio ser um gênio? Capacidade intelectual? Esforço? Talento? O historiador musical americano Craig Wright, também professor da Universidade Yale, passou mais de duas décadas estudando as personalidades mais brilhantes da história e da atualidade para publicar o livro The Hidden Habits of Genius: Beyond Talent, IQ, and Grit – Unlocking the Secrets of Greatness (“Os Hábitos Ocultos dos Gênios – Além do talento, QI e coragem, revelando os segredos da grandeza”), no qual detalha 14 traços que os gênios têm em comum.

Para Wright, o QI (Quociente de Inteligência) e as notas acadêmicas são supervalorizados e a definição de gênio varia de acordo com “a quem você pergunta e quando”. Segundo o especialista, um gênio é uma pessoa com extraordinários poderes mentais cujas obras ou conceitos originais mudam a sociedade de uma maneira significativa para melhor ou para pior em todas as culturas e ao longo do tempo.

Ele até mesmo desenvolveu uma “fórmula de gênio: G = S x N x D”. Sendo aqui: gênio (G) é igual a quão significativo (S) é seu impacto ou mudança, multiplicado pelo número (N) de pessoas impactadas e por sua duração (D) no tempo. Em outras palavras, os maiores gênios são aqueles que causam o maior impacto sobre a maioria das pessoas e por mais tempo.

Na explicação restrita da palavra, como é definida nos dicionários, a palavra gênio significa quem possui extraordinária capacidade mental de criar ou inventar coisas novas e admiráveis, mas Craig Wright defende que esse conceito é muito limitado. “Isso é o que eu chamaria de gênio potencial, porque tem potencial para se tornar um gênio, mas ainda não é. Se Einstein tivesse descoberto que E=mc² e concebido toda teoria da relatividade, mas não tivesse compartilhado com ninguém, ele não terá sido considerado o gênio que é. Não teria impactado a humanidade”.

Quais os hábitos e traços dos gênios?

Na visão do autor e professor você precisa sim de um QI acima da média para entrar no jogo, mas há uma série de outros fatores e motivações que estão, em longo prazo, realmente impulsionando alguém para a grandeza e dando-lhe a capacidade de mudar o mundo.

“Penso que hoje se exerce demasiada pressão sobre os jovens, pois os critérios que utilizamos para medir a sua excelência como pessoas estão errados. O mais importante é o esforço. Mas ele não é um motor em si mesmo e sim a manifestação externa de outras motivações internas. O mais importante são as paixões”.

O autor destaca que muitas das grandes mentes são estudiosas e sabem sobre diferentes áreas. “A maioria dos gênios, de uma forma ou de outra, têm o chamado pensamento lateral. Elas enxergam coisas diferentes ao mesmo tempo, porque tiveram várias experiências e, como resultado, podem combinar elementos diferentes que outras pessoas não conseguiram, porque são aparentemente diferentes. Não saberemos qual é a sua paixão, a menos que tenham experiências diferentes. E, como diz o ditado, se você ama o que faz, não terá que trabalhar um único dia de sua vida”.

Segundo Wright, o segredo de seu livro é que a maioria de nós não vai mudar o mundo de nenhuma maneira significativa. No entanto, aprender sobre o que essas pessoas fizeram nos leva a pensar em coisas mais importantes nas quais todos podemos agir: como viver nossas vidas em relação às outras pessoas, como ser mais produtivos ou mais criativos. Porque os gênios já estão obcecados com o que fazem e vão decolar de qualquer maneira. Enquanto isso, o restante de nós tem a oportunidade de pensar sobre como queremos viver e ajustar nossas vidas com base nisso.

Saiba quais são os 14 hábitos ou traços de personalidade dos gênios:

  1. Ética de trabalho
  2. Resiliência
  3. Originalidade
  4. Imaginação como a de uma criança
  5. Curiosidade insaciável
  6. Paixão
  7. Desajuste criativo
  8. Rebeldia
  9. Pensamento que ultrapassa fronteiras (ou ser como uma raposa)
  10. Ação oposta ou pensar o contrário
  11. Preparação
  12. Obsessão
  13. Descontração
  14. Concentração

Se esse assunto é do seu interesse e você quer entender mais sobre como funciona a mente desses gênios, confira o curso de graduação da Newton em Psicologia e o de Especialização em Psicologia Comportamental. Saiba mais em https://home.newtonpaiva.br/

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments