5 de outubro de 2022
Carreira Notícias

Tudo o que você precisa saber sobre Educação Física

Por Geraldo Paim

A educação física é uma das áreas de atuação mais amplas do mercado. Relaciona-se diretamente com diversos outros campos ligados à saúde. Atende clientes de todas as idades e níveis sociais. É uma aptidão aplicável em inúmeros serviços e projetos. É o tipo de ofício que se confunde com a vida pessoal de quem o pratica – seu objetivo e resultados se estendem como um estilo de vida, para além da profissão.

Os cargos que podem ser ocupados pelo profissional de educação física estão presentes tanto em escolas, academias e clubes, como em hospitais, centros de saúde, clínicas, além de hotéis, resorts, spas e condomínios.

Basicamente, o profissional de educação física promove saúde e a capacidade física através de atividades que ele pode elaborar, programar e aplicar. Para o sucesso do planejamento, é interessante que a mesma pessoa desenvolva o programa que vai administrar, mas isso vai depender da empresa e do propósito daquele trabalho.

Suas principais atividades são:

– Ensino em escolas.

– Supervisão de treinos em academias e/ou clubes.

– Preparação de atletas profissionais para competições.

– Atuação como Personal Trainer, atendendo individualmente ou em grupo.

– Promoção de atividade física em grupos especiais: idosos, gestantes, portadores de necessidades especiais, etc.

– Acompanhamento em projetos de saúde preventiva ou tratamentos ligados à ortopedia, endocrinologia, nutrição, psicologia, entre outras áreas.

– Fisioterapia: para pacientes que sofreram trauma ou passaram por cirurgia.

– Recreação: em hotéis, spas, cruzeiros, condomínios, resorts e programas turísticos.

– Projetos de extensão e ginástica laboral em empresas e organizações diversas.

Formação do profissional de Educação Física

Dado da Catho de 2018 afirma que 97% dos profissionais que atuam na área são graduados em Educação Física. O curso de bacharelado dura quatro anos e abrange desde biologia e psicologia até economia e estatística. Já para lecionar, é preciso possuir o diploma de licenciatura, cujo curso passa por disciplinas como pedagogia e psicologia da educação. Nos dois tipos, o aluno precisa realizar estágios. Formado, ele deve solicitar seu registro profissional no Conselho Regional de Educação Física (CREF).

Bastante popular entre os graduados em Educação Física, o curso de formação para Personal Trainer dura cerca de dois anos, direcionando o profissional para exercer a atividade, que cresceu bastante recentemente.

Outro dado da Catho indica que 47% dos profissionais em Educação Física possuem pós-graduação. Por ser uma atividade que se associa com diversos saberes, a gama de opções para especializações e pós é riquíssima.

Nos últimos anos, vem se consolidando a conscientização sobre a importância da prática de atividades para o bem-estar do indivíduo como um todo, não apenas para a força ou resistência física. Essa tendência valoriza o profissional e resulta em novas e diferentes oportunidades de atuação no mercado.

Interessou em entrar nesse universo? Que tal começar pela graduação em Educação Física? Saiba mais sobre o curso da Newton aqui!